Veganos no Caminho de Santiago


O veganismo está ganhando cada vez mais adeptos. Já não é mais tão difícil encontrar restaurantes que atendam também este público. Apesar de não serem estabelecimentos veganos, ao menos estão se adaptando para atender os clientes que adotam esta filosofia de vida, que muitas vezes ficam sem opção e deixam de participar de eventos com a família ou com os amigos. Este não é um fenômeno que ocorre só nos centros urbanos, o que indica que o veganismo é realmente uma tendência que está se consolidando.

Veganos no Caminho de Santiago

Um exemplo de como as coisas estão mudando é o Caminho de Santiago de Compostela. Muitos vegetarianos ou veganos que gostariam de fazer a peregrinação à cidade de Santiago de Compostela tem grande preocupação com a alimentação, algumas vezes desistindo deste projeto. Pequenos vilarejos com população inferior a 100 habitantes provavelmente não teriam estabelecimentos que oferecessem opções veganas aos peregrinos. Porém isto está mudando, e muito! Recebemos uma foto de um trailer de comida vegana em pleno Caminho de Santiago, em um lugar de difícil acesso, onde grande parte dos que ali passam são peregrinos. As irmãs Lurdes e Raquel, proprietárias do trailer, tiveram uma grande ideia ao tomar esta inciativa. Atendem à necessidade dos peregrinos veganos e acaba servindo de incentivo a outros empreendedores, além de ajudar a divulgar o veganismo.

Trailer que vende alimentos veganos no Caminho de Santiago

Este trailer fica no Alto del Perdón, próximo à Pamplona. (imagem gentilmente cedida pelo site Meus Caminhos)

Outras opções veganas no Caminho de Santiago

Além do trailer das irmãs Lourdes e Raquel no Alto del Perdón, pouco depois de Pamplona, há também albergues, bares e restaurantes exclusivamente veganos. Ainda são poucos, mas há poucos anos eram raríssimos. Mas não é por não existir estabelecimentos especializados que o vegano vai ficar sem alimentar. Diversos albergues contam com cozinha equipada à disposição dos peregrinos, o que permite a preparação da própria refeição. Também há opções nos menus oferecidos aos peregrinos, apesar de não indicadas como veganas. Certamente é sempre bom perguntar para ter certeza de quais foram os produtos utilizados. O peregrino vegano também pode pedir algo adaptado às suas necessidades, grande parte dos estabelecimentos tentarão ajuda-lo de alguma forma.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *